Eduardo Ruman (In Memoriam)
Diretor-Presidente
Administrativo e Empreendedor
Denise Ruman
MTB - 0086489
JORNALISTA RESPONSÁVEL
The Biggest and Best International Newspaper for World Peace
BRANCH OFFICE OF THE NEWSPAPER "PACIFIST JOURNAL" in EGYPT
Founder, President And International General Chief-Director / Founder, President And International General Chief-Director :  Denise Ruman - MTB: 0086489 / SP-BRAZIL
Mentor of the Newspaper / Mentor of the Newspaper  :  José Cardoso Salvador (in memoriam)
Mentor-Director / Mentor-Director  :  Mahavátar Babají (in memoriam)

Notícias Nacionais / 27/05/2021


NÃO SE MUDA O PASSADO

0 votes

Fonte WPO BRASIL
NÃO SE MUDA O PASSADO



A persistência impregnada na mente humana no tocante ao retorno do passado é algo surpreendente.
Contudo é valido lembrar que nosso mundo é regido pelo “ relógio chromos “ e não “ Kairós”,
Por essa razão podemos dividir o nosso tempo, em passado, presente e futuro, e os nossos dias em 24 horas, porém de forma alguma podemos trazer o passado para o presente novamente, tal atitude não é possível.
Apenas o Kaíros, que é o tempo de “ DEUS “, é continuo, a prova disso está na afirmação de Jesus de Nazaré, quando disse : a célere frase; “ EU SOU “.
Nos Evangelhos de João por exemplo, podemos encontrar tal afirmativa em várias outras oportunidades a saber:
JOÃO : 6:35 – 6:41 -48 -51 - 8:12 – 10: 7 a 9 – 10: 11 a 15 – 11:25 – 14:6 e 15: 1 a 5.
Observe o quanto é forte essa afirmação: João 8:58 “ ANTES QUE ABRAÃO EXISTISSE, EU SOU “. Nessa expressão entendemos claramente ser uma afirmação mais do que expressiva a cerca da divindade de Jesus ao revelar publicamente a sua origem, a sua Eternidade.
Deus, a Inteligência Suprema, a causa primária de todas as coisas, Inteligência Absoluta, Único, Criador e não Criado, o Alfa e o Ômega. Àquele que sabe o final de todas as coisas antes mesmo que elas se iniciem.
Quantos a nós, meros mortais, pensamos que engamos a esse Deus que tudo sabe, que tudo ver.
Ouvimos em toda parte o clamor do desespero que a humanidade experimenta nos dias atuais provocados pelos efeitos desastrosos dessa Pandemia infernal. Observamos que onde quer que estejam duas, três ou mais pessoas reunidas, quer seja em festa mundana, quer seja em mesas de bares, quer seja em vias públicas, a preocupação principal de fato é que logo passe essa onda pandêmica e suas variantes.
Entretanto, engana-se quem pensa que é visando, retornar à paz, a saúde, a tranquilidade, o conforto, o emprego, o aconchego entre familiares e amigos, o lazer.
Não é por esse caminho, não é por esse prisma, a grande verdade indica a falta da liberdade sem responsabilidade que chega a abeirar-se da anarquia, de que tudo é possível que se faça sem represália sem um parâmetro capaz de reprimir as ações dos vândalos da era moderna, da era tecnológica, do progresso de mão única, das Leis obsoletas.
Se realmente o progresso que alimenta o século XXI, houvesse sido desenvolvido em parceria com a moral, os bons costumes, o respeito, e porque não dizer; com o amor, de mãos dadas, nós os seres viventes e racionais, conhecidos como “humanidade“, estaríamos desfrutando de um campo eletromagnético, emocional e psíquico altamente equilibrado e dessa forma atraindo para nós oriundo do Cosmopolitismo o derramar das infinitas bênçãos do Deus Poderoso....
É extremamente salutar lembrar que quem ama, não mata, não rouba, não destrói, não comete adultério, não são corruptos, não são desobedientes, na verdade assemelham-se aqueles que optaram por andar no espirito e não na carne e isso é agradável a Deus.
A raça humana, trás em si mesma o DNA do seu Criador, ou seja, fomos feito, criado a imagem e semelhança de Deus, ou seja, somos espirito, somos diáfanos, somos imortais, somos cidadãos do Universo.
Todavia, ainda hoje, passado 2.000 anos da presença do nosso Salvador, Jesus Cristo, o Nazareno, o filho do Altíssimo, que no principio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus, e o Verbo habitou entre nós......
Mesmo assim, apesar de alegar que na Terra tudo passaria menos a sua Palavra, que é Eterna, Viva e Eficaz, mesmo assim, diante do seu exemplo de vida, de sacrifício intenso, da mensagem deixada na Cruz do Calvário, “ Pai, perdoai-vos porque eles não sabem o que faz “, diante de tantos exemplos edificantes como ficou claro a sua mensagem de Vida Eterna e de Salvação, tudo registrado nas Santas Escrituras como farol a nos indicar o Caminho correto, na expressão máxima; “ Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim “.
Infelizmente a natureza humana corrupta e pecaminosa, aliada ao livre arbítrio levou a raça humana por caminhos dolorosos, becos e vielas sem saída, sem luminosidade, desde os períodos mais remotos, que se perdem na dobra dos tempos até os dias vigentes....
Optou por guerras sangrentas entre povos, nações e irmãos ao invés da amabilidade entre si, conforme nos deixou dito o Sublime Peregrino quando usando da sua posição Divinal e da sua Autoridade sobre a Terra e os Céus, modifica a Lei ao expressar e sentença; “ Mais um mandamento eu vos dou; é que ameis uns aos outros, como eu vos tenho amado”.
Muitos de nós, ainda nos referimos ao Senhor Jesus, como sendo um revolucionário, um cara legal e assim por diante. Quanta ignorância, “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos Libertará”, “ Eu e o Pai somos um”, “ Quem vê a mim, vê ao Pai “......
A Terra, esse torrão planetário amado por todos nós, não é único, “Na casa de meu Pai há muitas moradas ... “ “ Meu Pai trabalha até hoje e Eu também”, Eternidade, progresso.
Contudo, lembremo-nos que quem planta colhe, em 2019 já finalizando, em plena avenida (Rio de Janeiro) dedicada as festas de Momo, o carnaval, onde seguramente milhares de pessoas ali se reúnem para o divertimento sem medidas contrariando a principio de que onde houvesse duas ou três pessoas reunidas em meu nome ( JESUS), se fazia presente, mas, ao olhar mais atentamente com certeza o General dos Exércitos, ali não se faz presente, porque aquelas almas ali reunidas não estão em nome de JESUS, mas, exaltando o senhor, o príncipe desse mundo, e por essa razão excitada a desmoralizar o que representa para nós Cristãos a imagem de Jesus e de Maria, sua mãe, arrastados por meio a avenida, aplaudido, vaiado, e Jesus ali exposto como Gay e Maria como Lésbica numa clara tentativa de desmoralização aliado a figura horrorosa e satânica, num ato blasfemo imperdoável.
Finalmente, surge do nada a pandemia, o COVID-19, logo em seguida as festividades, ceifando vidas, fazendo a humanidade “chorar um rio de lágrimas” e pairando sobre o Planeta azulado, que sabemos ser a menina dos olhos de Deus, onde figura as Terras do Cruzeiro do Sul, o nosso Brasil, a Pátria mãe dos Evangelhos e o futuro celeiro da humanidade, um convite Divinal vindo do mais alto Céu, do Trono de Deus, do Trono da Graça sussurrando aos nossos ouvidos bem baixinho; arrependei-vos e buscai o Senhor teu Deus enquanto ainda podes acha-lo.
Ave Cristo,
Os que te ama como nós,
Te saudamos nesses dias memoráveis.

João Pessoa-PB, 27 de maio de 2021
Embaixador Celso Dias

Miranez Matias do Vale
Jornalista MTB 3239 PA/PB

Comentários
0 comentários


  • Enviar Comentário
    Para Enviar Comentários é Necessário estar Logado.
    Clique Aqui para Entrar ou Clique Aqui para se Cadastrar.

Ainda não Foram Enviados Comentários!
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO
  • ESPAÇO PUBLICITÁRIO

Copyright 2021 - Jornal Pacifista - All rights reserved. powered by WEB4BUSINESS

Inglês Português Frances Italiano Alemão Espanhol Árabe Bengali Urdu Esperanto Croata Chinês Coreano Grego Hebraico Japonês Hungaro Latim Persa Polonês Romeno Vietnamita Swedish Thai Czech Hindi Você